Translate

domingo, 28 de agosto de 2016

Clipe "Pense bem" - Gramaton






          O novo clipe da banda Gramaton, vem com um clima super descontraído e em alta vibe.

          A banda tem outros trabalhos já divulgados neste blog e agora nos traz este clipe super alto astral, brincando com o seu público. Me fez lembrar a inocência dos Trapalhões e toda aquela época de ouro da Tv brasileira.

            Sem dúvida um excelente trabalho da galera da Gramaton, que é formada por um time de músico de alta qualidade. Com Juliano Souza na Guitarra e Vocal, Edu Lobo no Baixo, Rodnei Ávila na Bateria e Fábio Vargas na guitarra, a Gramaton fecha o seu elenco de feras.

            No clipe, o enredo principal é sobre o "Duende das Palhetas". Uma brincadeira em torno do mistério do sumiço das palhetas dos guitarristas. No clipe fica "esclarecido" porquê as palhetas simplesmente desaparecem. E o motivo????? Assista ao clipe e descubra que o duende tem um forte motivo pra caçar a sua palheta...




Acompanhe e confira mais trabalhos da Gramaton:






FICHA TÉCNICA:
Duende das palhetas - Delson Rabello
Atriz 1 - Bell Dias
Atriz 2 - Cláudia Perroco
Figuração - LA Models
Imagens - Marcos Neuberger e Juliano Souza
Roteiro / Direção / Produção / Edição - Juliano
Souza
 
Assistente de direção e produção - Kiko Prata

(Prata Filmes)
Realização - Gramaton Audiovisual

Composição - July Souza

           

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Crazy - Gnarls Barkley | Cris Corrêa (Cover)



        
                No vídeo em destaque, Cris Corrêa executa a música "Crazy" - Gnarls Barkley.

        Cris Corrêa sempre faz um belo trabalho e este não poderia ser diferente. Trabalhando todos os instrumentos e voz, Cris consegue extrair de si mesmo o melhor de sua musicalidade. Afinal, não é nada fácil tocar, cantar, captar o áudio e vídeo; editar o áudio e vídeo e se auto-dirigir...(eu sei o quanto é difícil...).

        Neste novo clipe, Cris agregou um baixo muito bacana. Multi-instrumentista, Cris tem várias habilidades que mostra a cada clipe e música produzidos. A evolução do músico, ao longo do tempo que comecei a acompanhá-lo na internet, é gigantesca. A cada trabalho uma evolução. E quando comparado aos primeiros vídeos, notamos o salto na qualidade de um trabalho feito com amor e muita vontade. Pois, acredite! Não é fácil fazer este trabalho que Cris vem apresentando.



Curta a fanpage de Cris Corrêa e acompanhe os trabalhos no Facebook:









Inscreva-se no canal do youtube e receba as novidades do canal de Cris Corrêa:

https://www.youtube.com/cristianorodriguess



domingo, 14 de agosto de 2016

Clip "Dexter Ultimate" - Single Tune project




                   No destaque o clipe "Dexter Ultimate" do projeto Single Tune - Gabriel de Aquino.


                A música "Dexter Extended" ( https://www.reverbnation.com/gabrieldeaquino/song/26356304-dexter-extended-version-remix ) tem como base a trilha original (Rolfe Kent - "Dexter Main Title") da abertura da série de tv Dexter da Showtime, mesclada a uma versão techno onde a guitarra vai do som limpo à distorção  ao longo de sua execução.

                O clipe conta com a tradução e transcrição de Letícia de Aquino da English Lounge. ( http://leticiaaquino13.wixsite.com/freelance-translator ).

               Com takes caseiros de Gabriel de Aquino, que atua, mixa e edita este clipe, mesclados a trechos de várias temporadas da série, somadas a abertura da série, é contada um pouco da história do personagem. Esta hitória originou o vídeo "Dexter Transformation" ( https://www.youtube.com/watch?v=Hbx3avzoSsQ ) que conta cronologicamente a evolução do anti-herói Dexter Morgan.

                Mas, muitos devem estar se perguntando, quem diabos é Dexter Morgan e que série de tv é essa?


               Dexter é uma série de tv americana ambientada em Miami nos U.S.A. Devido a localização onde se passa a história, há muita interação com a comunidade latina nos takes e tomadas das filmagens. A música também é de origem latina em muitos momentos da série. Por mais incrível que possa parecer, a série não teve grande expressão no Brasil que é um enorme país latino. Talvez isso ocorra por causa da língua do país (português) diferente do resto da América do Sul (espanhol).

             

Confira este e outros trabalhos no site:






            Dexter (Michael C. Hall), ainda muito criança, teve sua mãe assassinada em um container, por homens armados com uma motosserra. Sua mãe foi esquartejada enquanto o personagem chorava desesperado. Um policial que foi a cena do crime, Harry Morgan, adotou o menino que ganhou o sobrenome de Harry, tornando-se Dexter Morgan.

            Ao longo de seu crescimento, Harry percebeu que o menino tinha certas tendências anormais. Esta tendência se dava pelo registro do assassinato de sua mãe, que transformou o garoto em um psicopata. Para contornar o problema, Harry criou um código de conduta para o jovem. No "Código Harry", Dexter só poderia matar criminosos psicopatas que a justiça não conseguiu condenar, criando então o anti-herói.


             Dexter tem o vício de matar pessoas e sua necessidade foi batizada por ele de "Passageiro Sombrio", pois sente como se fosse uma outra pessoa em si mesmo que o guia para os assassinatos.

              Perito forense do laboratório de análises de sangue da Polícia de Miami, Dexter é capaz de entender o mundo de seus "concorrentes", procurar vítimas que se enquadram no Código Harry e apagar os seus rastros, conforme o primeiro mandamento do código: "Nunca seja pego".

               O personagem tenta levar uma vida normal. Para esconder a sua verdadeira face finge interações humanas. Dex não tem sentimentos por ninguém. Mas, tenta busca sentir amor e compaixão pelas pessoas. Como não possui estes sentimentos, passa a analisar as pessoas para demonstrar sentimentos que não possui, afim de esconder o monstro dentro de si. Porém, algumas pessoas são capazes de ver o monstro, dificultando a vida do nosso anti-herói.



    A policial Debra Morgan (Jennifer Carpenter), filha de Harry, é sua irmã e melhor amiga.

   Seguindo os passos do pai, Debra é policial de rua e ao longo da série torna-se Tenente da Delegacia de Polícia de Miami.

   Debra é muito apegada a Dexter, mas Dex, por mais que tente, não consegue ser recíproco.

   A irmã de Dex tem diversas compulsões: sexo, álcool, drogas e muitos palavrões e sua fala. Mas é apenas uma pessoa perdida no mundo tentando se encontrar.






     Angel Batista (David Zayas) é Sargento da Delegacia de Polícia de Miami.

     Bonachão, Sgt Angel é de origem cubana e sempre está disposto a ajudar os colegas. Acredita conhecer Dex, mas certamente nunca soube a sua verdadeira identidade.

           




           Harry Morgan (James Remar) é pai legítimo de Debra Morgan e pai adotivo de Dexter. Harry é um personagem que aparece nos momentos de angústia de Dexter. A série dá início após a morte de Harry, por isso, suas aparições são nas memórias de Dex e Debra. Mas, ele aparece muitas vezes durante a série em momentos cruciais conversando com Dex. Ele é uma espécie de guia do bem que tenta fazer com que Dex não seja apanhado e desmascarado quando o "Passageiro Sombrio" está atuando.




            Vince Masuka (C. S. Lee) é o colega de laboratório de Dexter. Pervertido, é responsável pela quebra do ritimo pesado da série. Masuka descontrai a dinâmica da série e rende boas risadas nas suas interações com a equipe. Ele é o nerd do grupo. 







       María LaGuertta (Lauren Vélez) é a Tenente LaGerta, sendo responsável pela equipe da Delegacia de Polícia de Miami.

       Ten. LaGerta não desconfia do que acontece com Dex, acreditando que ele é um nerd do laboratório, bem como Dexter planeja que todos acreditem.

        Durante a série, LaGeurta tem alguns relacionamentos e chega a casar-se com o Sgt Angel Batista. Os relacionamentos lhe tiram o foco, o que beneficia as ações de Dexter Morgan.

 




        James Dokes (Erik King), serviu nas Forças Especiais e atualmente é Sargento da Homicídios de Miami.
   
        O Sgt Dokes é o único que suspeita de Dex. Intrigado com os desaparecimentos de Dexter e em como as investigações estranhamente tomam certos rumos, Dokes interage sempre de forma agressiva contra Dex.

         Inicialmente, Dokes tem uma antipatia por Dex pelo fato de ser um nerd que está sempre tentando agradar. Mas, com o passar do tempo, a antipatia se torna raiva e obsessão, pois acredita que tudo não passa de fingimento pra esconder o monstro por trás da máscara Dexter Morgan. Pra azar de ambos, ele está certo.





           Rita Bennett (Julie Benz), é a namorada de Dexter, que tenta apenas ter uma vida normal com o seu companheiro, que parece ser perfeito, após um relacionamento conturbado com seu ex-marido.

           Mãe de um casal de crianças, Rita é a mulher perfeita para esconder o "Passageiro Sombrio" da sociedade que cerca Dex.

            Ao longo da série, Dex consegue até sentir algo por Rita e as crianças, mas não sabe se é exatamente amor, empatia, ou apenas parte de seu disfarce que não quer perder.

            Dexter acaba casando-se com Rita e tem um filho com ela. Isso traz uma nova perspectiva à série e a vida do personagem. Portador de uma síndrome que mata pessoas, Dex se preocupa se o menino não tem o mesmo desvio de personalidade que ele. Decidido, Dex não mede esforços para que o menino não desenvolva a sua personalidade oculta. Mas, coisas ruins acontecem e a história de Dexter se repete com o filho, revivendo o ciclo Dexter Morgan.        


         



Ficou curioso sobre a série?

Então assista on line as 8 temporadas:








           Assista o resumo da série em "Dexter Transformation" legendado por Letícia de Aquino - English Lounge ( http://leticiaaquino13.wixsite.com/freelance-translator ):











       Confira também o clipe com a versão em piano e guitarra "Dexter Overture":












sábado, 6 de agosto de 2016

Clipe "Born To Be Wild" - Single Tune project



               

              Quando se pensa em Born To Be Wild do Steppenwolf, logo vem a mente motoqueiros selvagens,  motos Harley Davidson e um viagem pela Route 66.

              Neste clipe, não foram utilizados estes clichês. O clipe conta com takes caseiros de Gabriel de Aquino interpretando a música, mesclando com a guitarra base e solo. Também há utilização de trechos do filme "Ghost Rider", interpretado por Nicolas Cage e do filme "The Dukes of Hazzard", afim de dar mais ação ao clipe.

               Nesta versão para o Single Tune Project, a música "Born To Be Wild" recebe um novo tratamento com guitarras mais pesadas, passando por flanger e distorções mais hard. A batida é mais The Cult do que Steppenwolf. Mas, foi mantido o órgão setentista para remeter ao original.





Curta a fanpage do blog Gabriel Works Inc.:

http://gabrielworksinc.wix.com/gabrieldeaquino


Ouça e baixe as músicas de Gabriel de Aquino:

https://soundcloud.com/gabriel-de-aquino/tracks


Confira várias bandas independentes no streaming do blog:


https://soundcloud.com/gabrielworksinc

domingo, 31 de julho de 2016

"Edge Of A Revolution" - Nickelback - Guga Munhoz Guitar Lead




           Confira o clipe "Edge of a Revolution" de Guga Munhoz e sua guitarra que "fala" por si só. 


           Neste clipe, Guga nos presenteia com um solo de tirar o fôlego. Com uma precisão cirúrgica, o guitarrista extrai as notas de sua Ibanez com maestria, numa técnica absurdamente perfeita. A técnica aplicada, lembra o mestre da guitarra Steve Vai. Se eu não tivesse lido que a música era do Nickelback, provavelmente acreditaria se tratar de uma nova música de Steve Vai. 





            Guitarristas podem chorar de inveja... Ladies and Gentlemen, Mr. Guga Munhoz: 



Confira outros vídeos do músico no Youtube:

https://www.youtube.com/user/gugamunhozofficial

domingo, 24 de julho de 2016

Clipe - "Me Faz Seguir" - Banda Trevoáh




        Mais um excelente clipe da banda Trevoáh. Mas, desta vez com um tema muito delicado, nesta bela homenagem a Thiago Mota.


        Música de alta qualidade e com uma harmonia ímpar, "Me Faz Seguir" é uma daquelas canções que tocam fundo por seu tema delicado.
        Assistindo ao clipe, nos situamos no tema central e vemos a qualidade do grupo em HD, nesta canção que emociona o espectador.





  Fique ligado no trabalho da banda Trevoáh:


https://www.facebook.com/oficialtrevoah





Música: "Me Faz Seguir"
Banda: Trevoáh
Direção: Eduardo Prates (Sarrafo) e Luiz Henrique (LH)
Direção de Fotografia: Eduardo Prates (Sarrafo)
Edição: Eduardo Prates (Sarrafo)
Finalização: Eduardo Prates (Sarrafo) e Trevoáh
Roteiro: Luiz Henrique Carvalho (LH)
Assistente de Câmera: Charise Emerim
Atores: Thiago Mota e Paola Zambon

Participaram do Clipe, os Amigos:
André Lemos
Lucas Nunes
Lucas Silva
Max Rosa
Samuel Aguiar


Agradecimentos Especiais:
Ângela Mota
Angelita Carvalho
Branca Azevedo
Charise Emerim
Eduardo Prates
Gabriel Ferreira
Jonas Matos
Marcelo Rodrigues Azevedo



Ficha Técnica Música:

Composição: Janinho Mazzotti, Luiz Henrique Carvalho (LH)
Produção: Trevoáh
Gravação: Estúdio SOMA por Cristiano Ferreira (Miu)
Piano/Teclado: Marco Lafico
Mix e Master: Marco Lafico


Trevoáh é:

Janinho Mazzotti: Vocal e Guitarra
Fê Carvalho: Vocal e Baixo
Luiz Henrique (LH): Bateria
Bruno Mota: Guitarra e Violão